Notícias CAPES participa de reunião do Conselho Deliberativo do CNPq
PESQUISA E INOVAÇÃO

CAPES participa de reunião do Conselho Deliberativo do CNPq

Publicado: Quarta, 16 Setembro 2020 17:35 , Última Atualização: Quarta, 16 Setembro 2020 18:04

No encontro, por videoconferência, os novos representantes do Conselho Deliberativo do CNPQ foram apresentados e a importância da parceria entre as agências foi destacada.

O presidente da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES), Benedito Aguiar, participou nesta quarta-feira, 16 de setembro, da 189ª reunião do Conselho Deliberativo do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). Aguiar é membro do colegiado da agência de fomento.

No encontro, o presidente do CNPq, Evaldo Vilela, empossou e deu as boas-vindas aos novos designados do Conselho, representantes das comunidades científica, tecnológica e empresarial. Também integram o grupo, como representantes natos, os presidentes do CNPq e da CAPES, o secretário-executivo do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI) e membros da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep) e do Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap).

Benedito Aguiar saudou os novos conselheiros, o MCTI e destacou como fundamental a integração das agências de fomento com os representantes das comunidades para o desenvolvimento da ciência brasileira. “Tenho a certeza de que, por meio desse conselho, essas pessoas contribuíram de maneira significativa para o desenvolvimento do conhecimento científico, tecnológico, da educação e da inovação”, afirmou.

Aguiar também destacou o esforço da comunidade científica no enfrentamento ao novo coronavírus e reforçou a importância dos projetos em andamento e das ações que estão sendo planejadas entre CAPES, CNPq, Ministério da Educação (MEC) e MCTI.

Durante a reunião, Julio Semeghini, ministro interino de Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI) e integrante do conselho parabenizou a agilidade das parcerias entre os Ministérios da Saúde, Educação e Tecnologia, pesquisadores e instituições na luta contra a pandemia: “Temos um desafio enorme pela frente. Temos uma série de pesquisas e estamos trabalhando na busca da vacina. Vamos assegurar que, quando aprovada a vacina, consigamos transferir a tecnologia para sua produção no Brasil”, pontuou.

O Conselho Deliberativo tem como principais competências formular propostas para o desenvolvimento científico e tecnológico do País, apreciar a programação orçamentária e definir critérios orientadores das ações da entidade, aprovar as normas de funcionamento dos colegiados, a composição dos comitês de assessoramento e o relatório anual de atividades.

A CAPES e o CNPq desenvolvem juntos diversas ações de incentivo à pesquisa, como o Programa Antártico Brasileiro (ProAntar). A iniciativa conta com o apoio do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI) e do Fundo Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (FNDCT) e terá investimento de R$18 milhões até 2023. Com os recursos da CAPES são financiados 15 projetos de pesquisa com a concessão de 48 bolsas de mestrado, doutorado e pós-doutorado.

(Brasília – Redação CCS/CAPES)
A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura CCS/CAPES

Compartilhe o que você leu